Apresentação

Onde Estamos

Outras Instituições Culturais

Prémios e Recompensas

Concursos

Dinâmica Cultural

Blocos de Endereços

Indústrias Culturais

Acção Cultural

Monumentos & Sítios Históricos

Sítios Turísticos

Património

Actualidades Culturais

Notícias

Efemérides

Habitat/Urbanismo

Pesquisa/Estudos Estatísticos

Contactos/Feedback

 

 

A exposição fotográfica do brasileiro Milton Guran, aberta oficialmente segunda-feira na Casa de Cultura Angola-Brasil, em Luanda, pode ser vista pelo público a partir de hoje.
Denominada "Agudas", tal exposição retrata a cultura brasileira vista através dos ex-escravos africanos da região do Golfo da Guiné e estará patente até o dia 20 de Novembro próximo, integrando cerca de 70 fotografias.

A mesma é resultante de um conjunto de pesquisas e documentação realizadas desde 1992 por Milton Guran, retratando aspectos como as festas da nossa senhora do Bonfim, o carnaval de Porto Novo (capital do Benin), o folguedo da "Burrinha", entre outras características sócio-culturais que ligam os dois povos.
Estes povos, que regressaram ao continente após a abolição da escravatura instalando-se no Benin, entre os séculos XVIII e XIX, eram provenientes do Brasil.

Nos dois primeiros dias, hoje e sexta-feira, os visitantes poderão contar com a presença do autor para visitas guiadas, estando já programada a deslocação para o local de estudantes do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED).